21.10.08

Estação da paz


Acalma teu ser Criança, respira...
Permitas ter bons momentos de tranqüilidade,de descanso, de silêncio, de preenchimento.Vive um pouco mais daquelas coisas que para ti fazem tão bem, daquelas coisas que tanto gostas.
Muda teus planos, dá menos atenção aos teus humores recaídos, aos teus rompantes de defesas,aos teus medos frente àquilo que desconheces.Caminha um pouco mais, fuma um pouco menos, alimenta-te de uma forma mais saudável.
Deixa a brisa do amanhecer entrar pela tua janela e desperta com banhos prolongados, com o nascer do sol, com a música da natureza.
Deixa teus problemas guardados em algum lugar no qual possas esquecê-los um pouco, para assim criares um distanciamento e vê-los com a mesma visão de uma pessoa que está fora destas situações.
Verás que algumas situações farão brotar um risoem tua face, tamanha sua irrelevância.
Repara teus erros, dá o perdão para ti mesmoe tenta seguir o teu caminho de uma forma mais leve, de uma forma onde a gentileza possa acompanhar-te de perto.Quando te pegas nas próprias mãos e começas a dar rumo para a tua falta de direção, saltando dos laços onde te amarrastes tão forte, tentando, de alguma forma, encontrar o que alegra o teu coração,tuas forças se renovam, deixando-te com aquela sensação de luminosidade.
Vive com simplicidade, porque a simplicidade é a maior alegria que podes dar ao teu mundo.Não te abandones em qualquer canto, leva-te para os melhores lugares, tanto interna como externamente.
Um pouco de carinho, um pouco da tua própria compreensão, do teu amor é essencialmente necessário para que possas desfrutar da tua vida e daqueles que te cercam.Sê grato, pois mesmo sem te dares conta,muito te é dado.

0 Comentários:

Enviar um comentário

Subscrever Enviar comentários [Atom]

<< Página inicial